Aline Tarraga

Naturóloga e Enfermeira obstétrica integrou em suas práticas os saberes do feminino, da partería tradicional, da natureza, ciência e muito Amor.

Tem uma prática clinica que dialoga racionalidades vitalistas (Chinesa, Indiana, Antroposófica e Indígena) e biomédicas.  Atualmente, utiliza todas essas experiências e olhar no atendimento de partos domiciliares com a Equipe Lunares, em que é cofundadora.

Mesa Redonda de Medicinas Naturais

Medicinas Naturais no cuidado do corpo, mente e emoções na gestação, parto e pós-parto

 

Partilhará sua visão e também seu caminho de atuação o qual contempla, de fato, uma assistência integral do ser humano; um olhar profundo sobre a saúde física, psíquica e emocional  das mulheres, gestantes e famílias na assistência obstétrica moderna.

Ana Luiza Lacerda

Psicóloga pela FMU, Arteterapeuta pelo Instituto Sedes Sapientiae, Terapeuta Renascedora pelo IBRARE, Doula, Mestre Em Reik na linha Usui/ Tibetana, além de Bailarina eTerapeuta Corporal. Atualmente desempenha trabalhos em grupo e individual  e Desenvolve Pesquisas na área da Ciência do Início da Vida.

Vivência de Arteterapia

 

A força dos Quatro Elementos no parto

Uma experiência sensorial que promove o encontro da arte, da natureza e espiritualidade e que tem por objetivo oferecer subsídios para que mulheres, famílias e profissionais se sintam nutridas e inspiradas para uma experiência de parto transdisciplinar.

Andrea Rebello

Como Obstetra e Ginecologista trabalhou por muitos anos em plantões no SUS e também em laboratórios, realizando exames ginecológicos, mas há algum tempo, começou a sentir um incômodo com a forma como atuava e iniciou uma jornada em busca de uma abordagem mais respeitosa com o fisiológico e o individual. Deparou-se, então,com dois universos que se dão as mãos e se complementam: o Parto Humanizado e a Ginecologia Natural e, atualmente, atende em consultório particular, tanto na capital quando no ABC paulista.

Mesa Redonda do Cuidado e Autocuidado

 

O cuidado e o autocuidado da mulher na gestação, parto e em perdas gestacionais e neonatais.

Uma  Mesa Redonda para conscientizar e sensibilizar as pessoas sobre a importância e o poder de transformação que o autocuidado e o cuidado com o outro pode operar em diferentes realidades; na saúde, na doença, na alegria, na tristeza e também nas chegadas e partidas.

Braulio Zorzella

Obstetra formado pela UNESP de Botucatu descobriu no parto uma grande paixão e, através, de sua visão holística e humanista acompanha gestantes e famílias em consultório particular na cidade de São Paulo e Sorocaba. Suas condutas de assistência se baseiam em sua visão de que parir e nascer,  naturalmente, é a nossa expressão mais humana.

Talk sobre os percursos para a construção de uma cultura de nascimento transdisciplinar.

Mudanças de Paradigmas no Parto do século XXI. Uma viagem no passado, presente e futuro para compreendermos os erros e avanços para a construção de uma cultura de nascimento transdisciplinar.

Elizabete Franco

Psicóloga, Mestra e Doutora em Psicologia Social e Educação. Atualmente, é docente do curso de Obstetrícia e do Mestrado em Mudança Social e Participação Política da Escola de Artes Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH/USP) e atua nas áreas de pesquisa, ensino e extensão, especialmente junto a organizações não governamentais, grupos e comunidades, formação de educadores(as) e profissionais de saúde, sobre temáticas de gênero, sexualidade, direitos humanos e políticas públicas. 

Mesa Redonda Trilhas da Universidade

 Reflexões sobre a dimensão cultural de gênero e raça.

Carla Machado

Psicoterapeuta, Astróloga, Terapeuta floral, Educadora pré-natal, além de Presidente da ANEP Brasil e vice-precidente da OMAEP (Organização Mundial das Associações para Educação Pré-Natal. Idealizadora e facilitadora de grupos terapêuticos de Mulheres: Reinventando a Vida, e de ritos de passagem para adolescentes “De Mãe para Filha” e “Passagem de Bastão”

Experiência Sensorial com história

O encanto com o conto 'Pele de Foca',  de Clarice Pinkola Estés. O tema evocado por esta experiência permitirá reflexões nas dinâmicas do  "dar e receber", um eixo central na vida de qualquer cuidador. A partir do conto refletiremos sobre o autocuidado; quais nossas fontes de nutrição emocional e os limites necessários para nosso equilíbrio pessoal, profissional e nas relações.

Catia Chuba

Médica Ginecologista e Obstetra graduada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Formação em Medicina Antroposófica pela Associação Brasileira de Medicina Antroposófica – ABMA (Turma XI) e pelo Núcleo de Medicina Antroposófica da Universidade Federal de São Paulo (NUMA – UNIFESP) e Curso de Farmácia Antroposófica, pela Farmantropo (Associação Brasileira de Farmácia Antroposófica).

Atende mulheres em sua integralidade e também gestantes e famílias que desejam partos respeitosos e humanizados em consultório particular na Clínica Tobias/SP.

Como o experiência do nascimento constitui a individualidade na criança? Nessa conversa será possível compreender, sob o viés da Antroposofia a importância desta experiência para formar indivíduos saudáveis no pensar, sentir e agir.

Ciléia e Parterias Índigenas de Parelheiros/SP

Pedagoga e Atriz pela Fundação Santo André.

Uma mulher transdisciplinar que percorreu e percorre em sua jornada pessoal e profissional as múltiplas dimensões da vida: no âmbito da sociedade atua em projetos sociais com as parteiras indígenas de Parelheiros da cidade de São Paulo; nas Artes, desenvolve projetos de dança, teatro e circo;  na Natureza atua com turismo rural; no âmbito dos Indivíduos, cuida e facilita círculos para mulheres e  no âmbito da Saúde física, emocional e espiritual é pesquisadora em astrologia, medicina chinesa, somatização e metafísica,  Reiki , Cura Prânica,  Radiestesia,  Radiônica e Feng Shui.

Pela oralidade será possível aprender sobre as sabedorias milenares das parteiras indígenas; histórias, experiências e trocas culturais que ficarão registradas para sempre em cada uma das pessoas presentes.

Tatiana Tardioli

Bailarina, mãe, criadora e professora da Dança Materna, especialista em bebês (pós-graduada em "Crianças de Zero a Três", pelo Instituto Singularidades). Com vinte anos de carreira na dança, em trabalhos no Brasil e no exterior, dentre os quais há mais de onze anos tem se aprofundado nos estudos da gestação, parto, pós-parto e do desenvolvimento dos bebês. Coordena a rede Dança Materna, que conta com cerca de sessenta professoras formadas e licenciadas no método, no Brasil e na Argentina.

Talk sobre o percurso transdisciplinar da dança materna

Compreenda o sucesso do projeto Dança Materna para gestação e parto através da aplicabilidade da transdisciplinaridade em seu escopo teórico; um projeto que visa a possibilidade do caminho de autopercepção, empoderamento e conexão consigo, com o bebê e toda a natureza.

Francisca Vawakuru

Indígena da etnia Shawãdawa (Povo Arara) do Vale do Juruá, no Acre / Brasil. É filha de Pajé, mãe de 11 filhos, avó de 23 netos, parteira desde os 15 anos de idade e através da sabedoria ancestral do seu povo, é grande conhecedora das medicinas da floresta e de plantas nativas da região, desenvolvendo um importante trabalho de cura / pajelança com rezos e cânticos nativos e com as referidas Medicinas da Floresta (Ayahuaska, Rapé, Sananga e Kambo) por todo o país e no exterior. Recebeu o título “Avó Planetária”, indígena sábia do Planeta.

Mesa Redonda das Parteiras Indígenas

Pela oralidade será possível aprender sobre as sabedorias milenares das parteiras indígenas; histórias, experiências e trocas culturais que ficarão registradas para sempre em cada uma das pessoas presentes.

Gisele Ross

Pesquisadora e artista do corpo dedica-se a dança contemporânea há 20 anos. Como terapeuta tem em sua formação as práticas orientais do movimento e cura: medicina clássica chinesa e japonesa ( qi gong, tai qi), além da meditação.  

A experiência de gestar e parir seus dois filhos em casa, aprofundou seu estudo na saúde da mulher, nos saberes antigos da herbologia e parteria. 

Atualmente, atua como doula, acupunturista e instrutora de Yoga para o parto  mulheres e famílias que gestam.

Vivência Yoga para o Parto

O Yoga Para o Parto propõe práticas direcionadas para cada trimestre da gravidez sendo desenvolvidas com o olhar para o parto natural. A mulher é convidada a ampliar sua conexão com seu bebê e com seu corpo aprendendo a linguagem única de si mesma em movimento de abertura. Como o próprio nome convida, a prática se volta para o entendimento do momento do parto.

Janete Duprat

Graduada em Biologia, com especialização em Psicologia Transpessoal e Biosinergia. Tem uma larga experiência e tempo dedicados a investigação e ao estudo do Yoga e terapias orientais com ênfase na Medicina Tradicional Chinesa e Ayurveda. Acompanhou muitas gestantes e partos  e, atualmente, desenvolve cursos de formação para doulas, facilita Jornadas de autoconhecimento para Mulheres, além de ser diretora do Espaço Unipaz Yoga no Paraná.

Talk Doulagem e Maternagem

Essa mulher nos ensina pelo olhar, por suas palavras e sua presença. A magia do amor e do cuidado que carrega consigo ensinará  tudo sobre o papel das doulas e o caminho da maternagem. 

Juliana Bazanelli é atriz, cantadora de histórias e encenadora. Formada em Artes cênicas pela ECA/USP, pós graduada em "Arte, ecologia e sustentabilidade" pela UNESP. Atua no teatro há mais de 20 anos, e em seu trabalho a natureza é mestra e musa e a arte está intimamente ligada a Vida.   

Entre inúmeros trabalhos artísticos destacam-se "Mulheres que correm com os Lobos" de Clarissa Pinkola Estés e GERAR(em)Si, de própria autoria.

 

 

Juliana Bazanelli

Vivência Teatral GERAR (em) Si

 

"O Ventre é um planeta que reconstrói o mundo em seu secreto mini oceano"Uma mulher grávida nos leva a vivenciar as emoções oceânicas e marés da gestação. O espetáculo GERAR(em)Si trata do período de novidade e preparo para parto e nascimento. Diz respeito a todos nós, já que em nossa vinda a esse mundo nosso primeiro lar foi o ventre materno. De modo poético, a peça une arte e ciência, tecendo texto, soronidade e movimento em honra ao mistério e milagre que é a Vida!

Brasileira e estadunidense, de formação universitária francesa (licenciada em psicologia experimental pela Sorbonne), nos últimos 35 anos vem participando de eventos para estudantes, estudiosos, casais grávidos e profissionais do nascimento na Europa e nas Américas, expondo sobre o psiquismo fetal e seu papel fundamental no advento de una humanidade saudável. Durante 12 anos, integrou a diretoria da APPPAH (Association for Prenatal & Perinatal Psychology and Health).

Atualmente, é vice-presidente da ANEP Brasil (Associação Nacional para Educação Pré-natal) e representante da OMAEP (Organização Mundial das Associações para Educação Pré-natal) no Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (ECOSOC). 

Laura Uplinger

Talk "Por que para mudar o mundo precisamos mudar a forma de nascer?"

Através de uma visão transdisciplinar do nascimento, compreenderemos, por intermédio das mais recentes pesquisas em psicologia perinatal e neurociência as influências das experiências do início da vida na constituição psíquica, física e emocional de um indivíduo e, consequentemente, sua forma de pensar, sentir e agir no mundo.

 

Graduada em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Mestre em Enfermagem pela Escola de Enfermagem na Universidade de São Paulo (EEUSP) e em vias de concluir seu doutorado pela  Universidade do Porto/Portugal. Atualmente, atua como parteira na Universidade de São Paulo na Escola de Artes, Ciências Humanidades (EACH-USP) no curso de bacharel em Obstetrícia e trabalha com docentes e alunos na assistência à saúde da mulher e neonato, na gestação, parto e puerpério.

Joyce Camargo

Mesa Redonda Trilhas pela Universidades

A água como elemento de entrega, confiança, conexão e segurança para a mulher no parto. Oportunidade singular de escutar como o contato com a natureza, em todos sua essência, contribui para experiências mais prazerosas para a mulher.

Bia Takata

Arte-terapeuta pela Faculdade de Artes Visuais da Belas Artes, Fotógrafa, Doula, além de apaixonada e estudiosa de cinema. Gosta da fotografia de forma simples e sincera e carrega consigo anos de experiência como mãe, educadora e um olhar único para o início de tudo: o nascimento.

Experiência Sensorial

Assistir imagens de partos; momentos reais, verdadeiros, belos e intensos; para despertar sensações e emoções que sensibilizem  e conscientizem as pessoas no processo de ressignificação da experiência do nascimento. 

Pâmela Morimoto

Mãe, doula, professora da Dança Materna, Educadora perinatal pela ANEP, além de ser formada em Gestão Ambiental pela Universidade de São Paulo. Atualmente, dedica-se ao seu trabalho como doula e Facilitadora de Dança Materna. No cuidado das gestantes e bebês oferece massagens (shantala e toque da borboleta), ultrassom natural,  yoga,  assessoria em colo com amor (Toca do Sling e Sampa Sling).  

Especialista na Arte de Viver a Vida pela UNIPAZ, é uma mulher e profissional que conta histórias; educa pela cooperação;  por vivências na natureza; pela sabedoria do povos, por terapias holisticas indigenas, comunicação não violenta e processos circulares.

Vivência de Dança Materna

Vivência sensorial para nos fazer sentir o poder de transformação quando mulheres se conectam com seus corpos e se permitem dançar em seus desafios do gestar e parir.

Priscila Colacioppo

Mãe, Enfermeira Obstétrica ou parteira, como atualmente gosto de se chamada. 

Graduada pela PUC-SP em 1983. Mestre e Doutora em Obstetrícia pela USP. Acunpunturista com especialização na China. Yogaterapeuta especializada em gestantes e bebês. Trabalhou por muitos anos em hospitais onde ganhou experiência e desencantos e há 14 anos atende partos domiciliares e oferece uma assistência transdisciplinar para as mulheres e casais na gestação, parto e pós-parto. 

Mesa Redonda sobre Medicinas Integrativas

O olhar de uma parteira transdisciplinar para a mulher na gestação e parto.

Diálogos sobre sua trajetória profissional e todas as fontes que, hoje, fundamentam sua assistência holística, como acupuntura e homeopatia. Um olhar amplo e atento para as emoções e o feminino que gestam e parem.

Patrícia Delpino e as Parteiras indígenas e ribeirinhas de Sateré Mawe/AM

Mulher, Mãe, Doula, Aprendiz de Parteira e Empreendedora que abraça as famílias e toda a comunidade de parteiras indígenas e ribeirinhas da Amazônia. Tem como missão de vida fortalecer a essência da maternidade através dos saberes ancestrais, das medicinas naturais e do diálogo com os saberes atuais,  beneficiando a todos e todas.

Atualmente, tem se dedicado ao seu projeto Mama Ekos, o qual busca viabilizar a abertura de uma casa maternidade que atenda gestantes e famílias pelas parteiras da região; um espaço que também preserve e dissemine os saberes, os artesanatos e as medicinas da comunidade.

Mesa Redonda das Parteiras Indígenas

Pela oralidade será possível aprender sobre as sabedorias milenares das parteiras indígenas; histórias, experiências e trocas culturais que ficarão registradas para sempre em cada uma das pessoas presentes.

Beatriz Basile Kesselring

Enfermeira formada pela PUC-Campinas. Especialista em enfermagem obstétrica pela Unifesp, em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da USP e mestre em Saúde Materno Infantil pela Escola de Enfermagem da USP. É praticante credenciada em Terapia CranioSacral pelo Instituto Upledger. Desde 2000 trabalha com a assistência ao parto humanizado hospitalar, e desde 2013 atende partos domiciliares com a equipe Obstare. Presta consultoria em Aleitamento Materno, em domicílios, hospitais e empresas. Fundadora do Núcleo Cuidar, Beatriz tem quatro filhas, ama a vida próxima da natureza e gosta de viagens para lugares tranquilos.

Mesa Redonda sobre Cuidado e Autocuidado

 

Como acolher e cuidar de famílias que vivenciam perdas gestacionais e neonatais?

Vilma Nishi

Enfermeira Obstétrica transdisciplinar, utiliza seus conhecimentos e experiências da antroposofia,  medicina chinesa, trabalho corporal, constelações familiares e gestalt-terapia na preparação psico-corporal na gestação, parto e pós-parto.

Mesa Redonda Medicinas Naturais

Qual o melhor caminho para viver a pré-natalidade com consciência e sentir-se pronta para receber o novo ser que do ventre emerge e, nasce para a vida em plenitude?

Visiane Batista

Formada em Enfermagem, com especialização em Obstétricia pelo Einstein, em Antroposofia pela UNIFESP e Consultora em Aleitamento Materno, com habilitação em laserterapia.

Mesa Redonda sobre Cuidado e Autocuidado

Como a atenção e a conexão com a mulher e família pode ajudar o profissional a identificar a melhor atuação durante trabalho de parto.

Dialoguemos sobre o desafio em compreender quando nossas ações se tornam intervenções e chegam a influenciar na própria  fisiologia do parir e nascer.

Walter Canoas

Graduado em Medicina pela PUC/SP ; especialista em Homeopatia e Ginecologia e Obstetrícia pela AMB; Mestre em Educação nas Profissões de Saúde pela PUC/SP; coordenador do Curso de pós-graduação em terapia de Constelação Familiar Sistêmica no CEFATEF, além de terapeuta Gestalt pela Escola SAT de Cláudio Naranjo.  Atualmente, atende em consultório particular, é sócio fundador e coordenador clínico do Instituto VERTE,  medita, é instrutor de Tai Chi do método Feldenkrais , além de ser Instrutor de ENEAGRAMA Sufi.

Mesa Redonda sobre Medicinas Integrativas

Transcendência. Numa convergência transdisciplinar entre homeopatia, constelação sistêmica, eneagrama sufi e trabalhos corporais é possível viver processos de mortes e renascimentos nas esferas individual e relacional de forma harmônica e positiva.

Luciana Carvalho

Formada em Pedagogia pela Universidade de São Paulo e Psicologia Transpessoal pela Unipaz/SP.

Mãe, Instrutora de Yoga para gestantes, Doula, Educadora Perinatal,Terapeuta em Renascimento e em Aromatologia.

Por intermédio de suas experiências e olhar transdisciplinar idealizou este fórum e acredita que a integração dos saberes da ciência, das artes, das tradições e da espiritualidade é um caminho de paz e amor para os indivíduos, para a sociedade e natureza.

Talk Arte de Nascer em Paz

A arte de nascer em paz é um caminho de ampliação da consciência sobre a importância do início da vida para a saúde física, emocional, psíquica e espiritual nas dimensões individual,  social e ambiental.

Vivência de Aromatologia

Como a aromatologia pode contribuir na gestação, parto e pós-parto para o equilíbrio físico, emocional e espiritual?

Maíra Duarte

Terapeuta Ayurveda, Doula e Educadora Perinatal com 10 anos de experiência e quase 500 partos atendidos. É uma das idealizadoras do Coletivo Cuida que promove cursos e vivências sobre assuntos da maternidade. Mãe de Miguel, Benjamim e Luna.
 Atua ministrando palestras e formações para doulas e atendendo mulheres em seus processos de gestar, parir e cuidar.

Talk sobre Medicina Ayurvédica no pós-parto

 

Como a visão da Medicina Ayurveda pode contribuir para uma experiência de pós-parto plena?

Larissa Sanchez

Mãe, Educadora Pré, Perinatal e Infantil certificada pela OMNIO FUTURE, Bangalore, Índia e pela APPPAH (Association for Pre- and Perinatal Psychology and Health), Califórnia, Estados Unidos. Consultora em Microbioma Infantil e Epigenética certificada pela MicroBirth School, Reino Unido e responsável pelo TEMPLE OF PEACE - Prenatal Education and Cosmic Energies que une a antiga Sabedoria Espiritual Indiana e as Ciências Modernas.
Atualmente em formação pela ANEP Brasil (Associação Nacional para Educação Pré-Natal) e em Consultoria em Saúde e Educação Sexual pelo Método Falando Naquilo em associação à ABRASEX (Associação Brasileira dos Profissionais de Saúde, Educação e Terapia Sexual). 

Talk sobre O Sagrado no Nascimento

 

A vida é sagrada e o nascimento é um processo profundamente relacional, espiritual e transformacional para todos os envolvidos: mãe, pai e bebê.

Gabriela Bal

Eutonista especializada em gestação, parto e puerpério; Doula; Coordenadora do Instituto brasileiro de formação profissional em eutonia. Pós-doutoranda do Programa de Psicologia Clínica do Instituto de Psicologia da USP, além de mestre e doutora em Ciências da Religião pela PUC-SP. Autora do livro "Silêncio e Contemplação: uma introdução a Plotino. Editora Paulus, 2007.

Vivência de Eutonia e a Sexualidade Feminina

Sentir desde a pele, aprimorar a sensibilidade - na arte de tocar e ser tocado, cuidar e ser cuidado. Estar presente em si e com o outro, sem se perder. Uma experiência de descoberta da própria sexualidade através do revestimento de si com amor e cuidado.