1º Fórum Nascimento

e Transdiciplinaridade

Historicamente tivemos períodos em que o poder religioso encarregado de cuidar, de forma equilibrada e hegemônica, da alma e da consciência das pessoas subverteu seu papel e em nome de um suposto Deus reprimiu o avanço do conhecimento científico, das descobertas no campo da racionalidade e da possibilidade de novas perspectivas de compreensão do mundo; uma incongruência que abriu precedentes para o surgimento de um outro extremo, o cientificismo, responsável pelo resgate da razão e da objetividade; provocando, em nome da Ciência, a dissociação entre a objetividade e a subjetividade, a efetividade e a afetividade.

É nesse ponto onde estamos em diferentes campos do conhecimento, inclusive, na área da saúde, mais especificamente na obstetrícia, ciência que estuda os processos de concepção, gestação, nascimento e amamentação.

As experiências de nascimento ancestrais, as quais são carregadas de aspectos culturais, simbólicos e subjetivos têm sido substituídas por uma visão cientificista, que massifica as múltiplas realidades em apenas uma, comprometendo, significativamente, a experiência tanto para a mulher, o bebê e toda a família.

Esse fórum tem como objetivo dialogar sobre as novas formas e atitudes de produzir conhecimentos e saberes sobre o início da vida, visando a integração das suas múltiplas dimensões, superando os paradigmas mecanicista, cartesiano tradicional e antagônico, os quais sufocam as subjetividades e a possibilidade dos opostos coexistirem e se complementarem.

Será um evento onde gestantes, casais e profissionais de diferentes áreas: artes, espiritualidade, medicina, psicologia, sociologia, filosofia, culturas populares, sabedorias antigas, entre outras, poderão dialogar e integrar em suas práticas uma visão transdisciplinar do nascimento, fazendo jus ao que, de fato, corresponde à experiência.

Será uma grande celebração e  um prazer contar com sua presença!

Abraço e até

Luciana Carvalho